fbpx

Entramos na reta final de 2016, um ano politico polemico e difícil, de consequências desastrosas para a economia brasileira. Um ano que nos fez repensar sobre nossas estratégias comerciais, colocar o pé no freio e criar alternativas para fechar negócios.

 

“Os ventos não vem para nos tirar do lugar, vem para colocar cada coisa em seu lugar.” 

 

O lado bom disso tudo é que só assim que crescemos e amadurecemos como profissionais e como seres humanos, nos reinventando nas adversidades.

2016 é um divisor de águas para as relações humanas e assim, para as transações comercias também, o comportamento do consumidor está diferente, nós estamos nos comportando de forma diferente. Pense em como você gosta de ser tratado quando entra em um estabelecimento comercial, seja ele físico ou virtual. Vivemos um momento em que todos queremos nos sentir bem-vindos, acolhidos e porque não, importantes? Afinal um olhar nos olhos, ouvir e ser compreendido agrega valor na vida de qualquer pessoa.

A inovação não necessariamente se faz com grandes revoluções, mas o foco em melhorar a forma como você trata as pessoas, ou ainda, a forma como você conduz a experiência de um cliente na hora de fechar um negócio, gera confiança e credibilidade. Não é o que você diz, mas suas atitudes e sua disponibilidade em bem servir que abre as portas para o relacionamento duradouro e gera compartilhamento.

Encantar o cliente é importante em qualquer empresa, não importa o tamanho. Clientes encantados se tornam promotores de sua empresa e o trato com as pessoas, sem duvida alguma, é o maior desafio que temos de encarar todos os dias.

 

“Compreendi que o lidar com as pessoas, quer nos contatos comerciais, quer nos sociais de todos os dias é uma habilidade que requer treino.”

Dale Carnegie

Sim, é muito difícil estar com sorriso no rosto diariamente, dizer um bom dia vindo do coração e não apenas um ato mecânico, mas as pessoas sentem quando há de fato um boa intenção por trás de nossos gestos e comportamento. Pratique todos os dias, passe por cima de seus problemas, esteja por inteiro no seu atendimento, compreenda melhor seu cliente, mudança de atitudes geram satisfação pessoal e sim, geram negócios.

 

Nos anos em que estive como representante comercial por muitas vezes abria-se um abismo entre metodologia de trabalho e a filosofia das empresas nas quais eu representava com os reais interesses dos clientes, mas se deixar abater e entrar na onda negativa não edifica ninguém e todos saem perdendo. Ao perceber que o prejuízo também era meu, usei a mudança de comportamento a meu favor, e com muito esforço passei a desempenhar um exercício diário afim de me tornar mais receptiva para com os meus clientes, meus produtos e principalmente passei extrair o melhor de cada situação.

 

Não espere que as condições estejam favoráveis para ser melhor.

Para 2017 pratique a mudança dentro de você, ascenda a luz de seu coração, doe-se mais aos outros, o novo ano que se aproxima não será nada diferente se não tivermos novas atitudes, de nada adianta pular ondas, comer uvas, usar amarelo para o dinheiro ou branco para a paz, se nos outros 364 dias que virão passarmos nas trevas de nós mesmos. Sejamos melhores: pais, maridos, esposas, mães, filhos e profissionais.

 

Lembre-se, somos reflexo de tudo que transmitimos.

Sou Flavia Machado Okuyama, e trabalho com Marketing de Relacionamento com o Cliente, porque acredito que as relações humanas são a peça fundamental para melhores negócios. 

Gestora da Class Marketing, uma empresa que ajuda marcas a fazerem a diferença na vida das pessoas.

Quer receber meus conteúdos? Clique aqui e não perca as novidades.

CompartilheShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter